Publicidade:

Guia Hardcore: Como lidar com as (perigosas) correntes de retorno

A correntes de retorno costumam a pegar muita gente de surpresa sobretudo nos meses de verão, quando as praias estão lotadas.

Esse fenômeno é consequência do refluxo do volume de água que retorna da costa de volta para o mar, em virtude da força gravitacional.

As correntes de retorno existirem independentemente ao fenômenos das marés, contudo, as marés podem intensificar sua força.

+ Seis livros extraordinários para você aproveitar o flat do Verão

+ O guia de nutrição definitiva para surfistas

+ 15 ondas gigantes que não parecem reais

Em situações mais extremas, banhistas e surfistas são, literalmente, alçados a águas mais profundas pela força das águas em uma velocidade surpreendente.

Portanto, evite cair no mar nesses pontos e fique atento às sinalizações e recomendações dos Guarda Vidas.

No vídeo abaixo, o surfista profissional Petterson Thomaz passa dicas importantes sobre como lidar com esse tipo de situação.

Mas, basicamente, não lute contra a força das águas. Reme ou nade lateralmente a elas até perceber que não está mais sendo arrastado para o fundo e então retorne para a praia.

 

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias